Andy @ 19:42

Seg, 05/07/10

A prova de que as aparências iludem. Não se deixem iludir pelo saquinho brilhante. O que interessa é o interior. E o livro é simplesmente divino.

Não sei se alguêm aqui já o leu, e até pode não ter gostado, eu não o consegui largar desde a primeira página até à última.

 

Uma escritora que certamente vou começar a ler, a pesquisar e a ter em mais atenção.

 

 

Nunca me Esqueças de Lesley Pearse, recomendo a leitura, mesmo.

 

O livro mostra-nos a humanidade, aparentemente distante no tempo. Mas no fundo, as situações mudaram, mas os defeitos do Homem não. Mas no fundo acredito que ainda hoje existem muitas Mary 's Broad prontas a lutar, a amar, a respeitar, a mudar, a ter coragem.

 

Beijinhos



Rita @ 21:40

Seg, 05/07/10

 

A sério? Cool, eheh
Beijinhos


Tixa @ 21:49

Seg, 05/07/10

 

olá
ja ouvi falar muito bem deste livro...
vai ser a minha proxima aquisiçao :)

beijinhos e boa semana


Joana Maria @ 09:17

Ter, 06/07/10

 

Já por três vezes que vou a uma livraria para comprar esse livro e está sempre esgotado :( Pode ser que da próxima tenha sorte!!

Beijinhos, boa semana!

S @ 20:38

Ter, 06/07/10

 

Fico mesmo contente que a tua mãe esteja a recuperar, imagino como deves estar contente com isso.
Como foram as notas?
Não conheço essa autora.


aespumadosdias @ 09:49

Qua, 07/07/10

 

Já vi a capa desse livro aqui por casa. Grande música que colocaste aqui no blog. Faz uma playlist para colocar na Espuma (5 ou 6 músicas).
Beijinhos e boas férias.

ana marta @ 00:12

Qui, 08/07/10

 

heyy ^^

adorei o blog!

também já li o livro, é lindoo! ^^

beijinhos.

Inês @ 18:57

Qui, 08/07/10

 

Nunca li esse , mas ofereceram-me no Natal outro dessa autora que adorei. Se gostaste desse talvez o devesses ler , chama-se "Procuro-te" . :)
Beijinhos e desculpa a invasão.


mαrthα.sophiα εïз @ 00:32

Qui, 05/08/10

 

Já ando para ler os livros dessa escritora à muito tempo, mas ainda tenho que acabar de ler uns livros antes xD
A minha lista de livros para ler (depois de terminar os outros) é longaaa O.O

xoxo, fica bem <3


magacosmos @ 22:57

Qui, 05/08/10

 

Já o li e também o defino da mesma forma: divino.
Também li outro que ela tem (Procuro-te) mas não é tão fascinante.

DolceScrittora @ 17:46

Sab, 07/08/10

 

É absolutamente fantástico e uma fonte de emoções. O meu livro favorito mesmo e traz-nos uma mensagem fundamental: nunca deixar de lutar. Para uma história verídica, Mary Broad foi mesmo uma mulher corajosa e um exemplo. Como dizes, a partir do momento em que começamos a ler nunca mais paramos. Já o li no ano passado mas é um livro que nunca se esquece. Até chorei dado à forma como ela relatou a morte do Will e do filho mais novo. Da Charlotte também. É mesmo um bom livro :D