Andy @ 12:29

Dom, 06/05/12

"Amo como o amor ama.


Não sei razão pra amar-te mais que amar-te.


Que queres que te diga mais que te amo,


Se o que quero dizer-te é que te amo?

 

(...)

 

Quando te vi amei-te já muito antes:


Tornei a achar-te quando te encontrei.


Nasci pra ti antes de haver o mundo. (...)"

 

Fernando Pessoa, in A Falência do Prazer e do Amor

 

Vamos deixar de complicar. Às vezes a felicidade aparece, quando simplificamos.

 

Os grandes feitos trazem felicidade. Mas não fiquem à espera deles para serem felizes por favor.




Inês @ 14:18

Dom, 06/05/12

 

Verdade :)


San @ 16:35

Qua, 06/06/12

 

lindo*